quinta-feira, agosto 31, 2006

*Asa morena

Me faz pequena, asa morena
Me alivia a dor
Aliviando a dor que mata
Me faz ser teu amor

Me toma no crescer de um beijo muito louco
Me implodindo aos poucos
No universo a desvendar a vastidão
Do teu amor

Me toma sem pensar num gesto muito forte
Unindo o sul e o norte do meu corpo, frágil corpo
Com a mais pura emoção

Me toma no crescer de um beijo muito louco
Me implodindo aos poucos
No universo a desvendar
A imensidão do teu amor

Me faz pequena
Asa morena

domingo, agosto 27, 2006

segunda-feira, agosto 21, 2006

*Silêncio


Momentos de silêncio assim
ninguém por perto
mas uma voz dentro de mim
me diz que eu não estou só

Nesse tempo o meu pensamento vai
ficar ligado com a vontade do pai
e te entender mais
me faz querer mais a cada dia

Hoje eu sei o que é deixar
que o rio de Deus me leve
Desde a fonte ao mar
há um rumo pra seguir
Enquanto eu acreditaro sopro de Deus me move
se te alegra a minha entrega
recebe minha vida hoje

Em qualquer parte que eu estiver
a cada passo que eu der vão ficar
tuas marcas e não as minhas
tua luz onde não havia
Teu nome, teu sangue, tua dor
tuas palavras, tua paz, teu amor
meu Deus, meu salvador
Jesus, meu pão de cada dia
Momentos de silêncio assim
ninguém por perto
mas uma voz dentro de mim
me diz que eu não estou só

Nesse tempo o meu pensamento vai
ficar ligado com a vontade do pai
e te entender mais
me faz querer mais a cada dia

Hoje eu sei o que é deixar
que o rio de Deus me leve
Desde a fonte ao mar
há um rumo pra seguir
Enquanto eu acreditaro sopro de Deus me move
se te alegra a minha entrega
recebe minha vida hoje

Em qualquer parte que eu estiver
a cada passo que eu der vão ficar
tuas marcas e não as minhas
tua luz onde não havia
Teu nome, teu sangue, tua dor
tuas palavras, tua paz, teu amor
meu Deus, meu salvador
Jesus, meu pão de cada dia


Rodolfo Abrantes

domingo, agosto 20, 2006

Amigas


amo essas meninas com todas as minhas forças!

música de amiguinhas pra gente...


Não há memóriaonde não apareçam
E nem lembranças
Em que elas não estejam
Tanto nos dias tristes e felizes
Foi com elas que eu ri e chorei
Se estou longe as sinto por perto
Nunca ninguém vai nos separar
Elas guardamtodos meus segredos
É um tesouro a nossa amizade

Amigas, Amigas
Companheiras da minha vida
Amigas, com vocês eu inventei
Um mundo de carinho a dividir com vocês
Amigas, as melhores que sonhei

Amigas, Amigas
Presentes da minha vida
Amigas, com vocês eu aprendi
que juntas jamais seremos vencidas, amigas.

Amigas para sempre!

quinta-feira, agosto 17, 2006

Longe do vício


Não sei o que escrever aqui, mas estou feliz por saber que jogarei uno sábado. ooooooooooêêêêêÊ

sábado, agosto 12, 2006

Tái

Taí, eu fiz tudo pra você gostar de mim
Ai, meu bem, não faz assim comigo não.
Você tem, você tem
Que me dar seu coração.

Essa história de gostar de alguém
Já é mania que as pessoas têm
Se me ajudasse nosso senhor
Eu não pensaria mais no amor.

segunda-feira, agosto 07, 2006

Quem sabe? (Azurra!)


Alguém sabe me dizer por que cargas d’água

o uniforme da seleção italiana é AZUL?!